Excesso de treinamento

Sempre fui facinado por treinamento e um fenomeno que me chamou a atenção desde criança é o excesso de treinamento: “Como alguém pode treinar mais e não evoluir mais?” Parece não ter lógica, afinal mais parece sempre melhor. Mas a grande verdade é que o ideal é melhor, e vamos discutir sobre o que é ideal.

Existe uma zona de treinamento que é considerada ideal. Como dizia o Grande Lee Haney “temos que estimular e não aniquilar”.
Algumas pessoas reagem bem a cargas mais elevadas, outras reagem a maior volume do treinamento, outras a intensidades maior, mas se você utilizar tudo ao mesmo tempo, seu corpo não vai ter tempo de melhorar. Na verdade a prioridade do seu corpo é permanecer vivo, pois o treinamento é um fator “extressante”.

Eu acredito no Lee Haney, não sei o porquê.

Então como verificar se estou treinamento em excesso?
-Se sente fraco durante o treino?
-Sente dores de cabeças constantes?
-Dores nas articulações?
-Falta ou excesso de sono e/ou apetite?
– E PRINCIPALMENTE falta de progresso?

Um fator para mim claro como personal trainer, que não era claro quando eu era atleta, é que você tem que estar num processo “constante” de evolução. Se você não está progredindo você está regredindo.
E para solucionar isso basta apenas olhar para seu progresso, algumas analises simples, e algumas mudanças podem fazer grande efeito.
Cada pessoa tem que ter um treinamento individualizado, mas tenha em mente sempre que o foco do seu treinamento é produzir um resultado e não simplesmente te deixar fadiga e com dor tardia.
Abraços e Bons Treinos.

Anúncios
  1. #1 por Vitor em novembro 11, 2010 - 4:29 am

    Boa essa materia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s